2007-11-13 02:37:51
tags: 

O Zen e a arte cavalheiresca da programação orientada a objeto (Parte 19)

Para ver os artigos anteriores desta série, clique aqui.

Muito bem, caros amigos, voltamos à série que explica os conceitos transcendentais de programação orientada a objetos numa linguagem que todos podem facilmente entender. Este seu autor agradece novamente a todos pelos e-mails e comentários, são eles que nos incentivam a continuar sempre.

No último capítulo começamos a descrever nossas classes, notadamente a classe base Model, de fundamental importância em nosso quase-framework MVC. A fim de continuar nossa tarefa, proponho uma pequena reorganização de nosso estimado acrônimo: gostaria de falar neste artigo da classe base Controller, antes de falar da classe View. O motivo é simples: acredito que vai facilitar o entendimento se deixarmos para falar da classe View depois. Como o PHP é praticamente uma linguagem de construção de templates, posso afirmar de forma geral que todos que já trabalharam com PHP vão entender mais facilmente o conceito de Views.

Vamos lá, então? Vocês ainda se lembram do artigo no qual falamos que a url requisitada para o browser iria definir os modelos e ações a serem realizadas? Muito bem, só pra lembrar, nossas urls terão o seguinte formato:

http://www.meusite.com.br/modelo/acao/parametros

Nosso controller, então, vai saber direitinho em qual modelo aplicar uma determinada ação com certos parâmetros. Um exemplo seria:

http://www.meublog.com.br/blogposts/add/

Nesse caso, primeiramente nosso controller iria instanciar um objeto da classe BlogPost, que é filha da classe Model e já herdou tudo o que precisa para fazer as operações no banco de dados.

Repare que para facilitar vamos utilizar sempre o nome dos controllers no plural - alguns de vocês devem ter estranhado o fato de um controller BlogPostS instanciar na verdade um objeto da classe BlogPost (sem o S). O motivo é bem simples: o controller BlogPosts irá cuidar tanto da criação/edição/visualização/exclusão de um único BlogPost quanto da visualização de coleções de BlogPosts. Quando trabalhamos com um único registro, um único artigo de nosso blog, ele irá utilizar a classe BlogPost. Quando precisarmos trabalhar com coleções ou listas de artigos, como por exemplo uma listagem paginada, ele irá utilizar a classe BlogPostCollection.

Bom, vamos continuar: em seguida, nosso controller de BlogPosts iria executar seu método add. Este método iria checar se existe algum post http de formulário de dados do usuário.

Em caso negativo, ele instancia um objeto da classe View e imprime o template adequado, que claramente será um formulário que submete seus dados para a mesma URL,

http://www.meublog.com.br/blogposts/add

O template adequado, nesse caso, é o arquivo add.tpl, que fica dentro de uma pasta BlogPosts, que por sua vez vai ficar dentro de uma outra pasta Views, em um lugar seguro de nosso servidor que não precisa nem estar disponível publicamente. Repararam como até mesmo a organização dos arquivos é bem resolvida dentro de um framework? Só precisamos criar templates com os mesmos nomes que nossas ações e colocá-los nos folders com os mesmos nomes de nossos controllers para que a mágica aconteça.

Bom, imaginando que o usuário tenha preenchido o formulário acima e o tenha submetido, nosso controller recebe os dados, popula o objeto instanciado da classe BlogPost que está na propriedade $model com os dados que vieram do formulário, faz a validação executando o método $model->validate() e se estiver tudo bem, salva os dados executando $model->save() e mostra uma mensagem de sucesso usando o método flash(). Esse método imprime uma mensagem na tela durante alguns segundos e em seguida redireciona o usuário para outra página qualquer, no nosso caso provavelmente a lista de posts.

Deu pra entender?

Class Controller

Propriedades

$model

A propriedade $model vai armazenar o modelo no qual nosso controller irá operar as ações desejadas. Em nosso exemplo, ele armazenaria uma instância da classe BlogPost.

$modelcollection

A propriedade $modelcollection vai armazenar uma instancia da coleção relacionada ao modelo requisitado a fim de fazer as operações com coleções ou listas. No nosso caso, uma instância da classe BlogPostCollection.

$action

$action vai guardar a ação solicitada. No nosso exemplo, add. Para que a mágica funcione, nosso controller deverá ter um método add(). Para cada ação deverá existir um método correspondente em nosso controller; ações que não existem serão tratadas como erro.

$parameters

A propriedade $parameters guarda todos os parâmetros extras do request. Por exemplo, se estivéssemos vendo uma lista de Posts, poderíamos usar paginação, e o número da página viria como um parâmetro:

http://www.meublog.com.br/posts/list/page=3

$othermodels

$othermodels é uma propriedade que vai nos permitir instanciar objetos de outros modelos que não somente os da classe requisitada no request. Por exemplo, poderíamos querer utilizar as informações do usuário que está adicionando o post a fim de gravar no banco quem fez a última alteração. Assim, precisaríamos também de um objeto da classe User.

$view

Instancia da classe View que irá imprimir na tela os templates correspondentes.

 

Métodos

flash($message,$url,$seconds)

O método flash() mostra o texto de $message durante alguns segundos ($seconds) e em seguida redireciona para a url especificada. Muito útil para mostrar uma mensagem de sucesso ou fracasso de alguma ação.

redirect($url)

O método redirect() é muito simples: ele simplesmente redireciona o processamento para a url desejada.

Por hoje é só, pessoal. Voltamos a qualquer momento com mais orientação a objetos para vocês!

 

 

6 Comentários:

[Elomar França]  Novamente, um ótimo artigo. Só falta saírem mais rápido, pra gente não ter que esperar tanto.... =]  [REPLY]

[danilo]  Valeu Elomar! Tô determinado a escrever toda semana! Abraço grande.  [REPLY]

[Junio]  Muito obrigado pelas informações disponibilizadas, pois estão sendo de grande valia para mim.Obrigado mesmo.  [REPLY]

[danilo]  Ô Junio, é um grande prazer poder ajudar. Grande abraço!  [REPLY]

[Junio]  Boa tarde meu amigo Danilo, obrigado por mais está aula.  [REPLY]

[noivas rj]  muito bom o post  [LINK]  [REPLY]